8 aspetos a ter em conta na hora de escolher o local do casamento

Mesa redonda de casamento

Após uma pesquisa prévia de possíveis locais para realizar a recepção do casamento, é importante que os noivos cheguem a uma pequena lista de cinco ou seis locais diferentes, antes de fazer a escolha final. Normalmente, a beleza do espaço é o fator que mais pesa no momento da decisão, porém, terão de colocar isso de parte temporariamente e dar atenção a outras questões igualmente relevantes.

1. Capacidade e Estrutura

O espaço escolhido terá, obviamente, de ter lotação suficiente para todos os seus convidados. Além disso, lembrem-se que é sempre bom ter algum espaço a mais para poderem acomodar um ou outro convidado de última hora e, sobretudo, porque a ocupação nunca é uniforme. Por exemplo, os vossos convidados tentarão sentar-se junto das pessoas que conhecem, por isso, haverá sempre mesas com lugares vagos e outras onde será necessário acomodar mais uma ou duas pessoas. Uma boa solução para esta situação é a marcação de lugares. De resto, não se esqueçam de verificar se a estrutura do espaço tem tudo o que é necessário, tal como um local para as crianças brincarem.

2. Mobiliário

É importante verificar o mobiliário disponível. Considerem não só as condições em que está, mas também a quantidade e o tipo, para o caso de ser necessário colocar ou dispensar peças, de modo a ajustá-las à vossa decoração e ao número de convidados.

3. Casas de banho

Averiguem se o local assegura a limpeza contínua das casas de banho, a troca das toalhas e reposição do papel higiénico. Vejam se existe uma casa de banho para pessoas com dificuldades de mobilidade ou deficientes e até um fraldário. Se puderem escolher um local que disponibilize bons espelhos na casa de banho, tanto melhor! Assim, os noivos e os seus convidados terão formas de conferir o seu look, sempre que necessário…

4. Estacionamento e Acessibilidade

Assegurem que há estacionamento para todos os convidados e que a acessibilidade é a mais adequada, principalmente para pessoas com dificuldades de locomoção. Não há nada mais desagradável do que ter de perder tempo a procurar estacionamento ou andar metros e metros para chegar do carro até ao espaço da recepção.

5. Gerador e Ar Condicionado

A verdade é que no dia do casamento, tudo pode acontecer… mas o ideal é que nada o estrague. Por essa razão, o ideal é mesmo precaverem-se. Assegurem que o espaço tenha um gerador e ar condicionado (quente ou frio) ou arranjem soluções alternativas.

6. Palco e Pista de Dança

Se a vossa ideia de entretenimento para o casamento passa por contratar uma banda, lembrem-se de verificar se há um palco ou um espaço suficientemente grande para acomodar os músicos e os instrumentos. Depois, não se esqueçam de que será igualmente necessária uma pista de dança ampla e agradável.

7. Duração do evento

Vários locais restringem o tempo de aluguer ou cobram mais por horas extra. Contudo, é bastante aborrecido ter de pedir aos seus convidados que deixem o local quando ainda estão animados e com vontade de festejar. Procurem acordar um horário razoável face ao orçamento.

8. Contrato

Por fim, não assinem o contrato sem ter a plena certeza da vossa escolha e confirmem se todos os pormenores estão descritos, preto no branco, conforme o combinado.

A sua votação: