Copo-d’água / Recepção do casamento

Copo d'Agua

Sem a cerimónia não existe casamento, certo? Mas e depois? Depois vem a festa do casamento: o copo-d’água ou recepção. Certo também que usualmente é a parte mais dispendiosa de um casamento.

A maior parte do tempo de um casamento é passado na recepção. Enquanto a cerimónia poderá durar cerca de 1 hora, a recepção poderá durar 4 vezes mais. É importante que definam uma agenda para o dia em que tudo está pormenorizadamente planeado ao pormenor, bem como uma checklist com todos os pormenores importantes, que devem estar prontos.

A recepção envolve, decoração, flores, lembranças, comida, bebidas, e acima de tudo convivência entre as famílias e amigos de ambos os noivos.

Idealmente devem pesquisar em revistas de Casamento, livros, entre outros motivos para terem ideias para planearem a decoração da recepção do casamento.

A três coisas mais importantes da recepção são: decoração, lista de convidados e o catering.

Quando marcarem o local da recepção devem ter em conta se o local tem decoração e catering disponíveis. Se não tem, perguntem se o local aconselha alguém, ou se tem alguém com quem habitualmente trabalha.

Existem locais de casamento como algumas quintas, restaurantes e hotéis, que ao terem catering residente ou serviço de restauração, não cobram custos de aluguer, ficando usualmente mais baratos que outros locais onde para além do catering se tem de pagar aluguer do espaço.

Alguns locais de casamento cobram um aluguer diário, e outros cobram pela quantidade de convidados. Seja qual for a opção disponível do espaço onde vão realizar o copo-d’água, notem que quanto maior a lista de convidados, maior será o custo do catering da recepção.

Antes de reservarem a quinta ou o espaço para o casamento, certifiquem-se que tem alguma certeza do número de convidados que vão comparecer, pois usualmente o catering é pago por convidado, e pagarem por 150 convidados, não é o mesmo que pagarem por 100.

Quanto ao tipo de refeição a servirem, tudo depende do estilo do casamento, do número de convidados e do orçamento disponível. Devem também ter em consideração se vão ter entradas ou não, e se vão dar um almoço ou um jantar. Se tiverem muitas entradas certamente que a refeição principal não necessitará de ser de 4 pratos; se optarem por um almoço, as pessoas irão comer menos que a um jantar.

Se optarem por uma refeição mais elaborada deverão decidir com que tipo de alimentos e de pratos é que os vossos convidados se irão sentir mais à-vontade. Se vocês gostarem de comida indiana, coloquem alguma nos cocktails de entrada à recepção, em vez de fazerem disso o prato principal.

A sua votação: